sábado, 9 de junho de 2012

O nome do Movimento em perigo!



Leo Mattos*

Meus caros amigos. Todos tem observado e ainda muitos tem atuado para a recuperação da honra do nome do Integralismo, destruída por anos de mentiras e manipulações.
Reuniões nos mais diversos rincões da nação, coordenações e articulações que culminaram no Congresso Nacional Integralista dos dias 4 e 5 de dezembro de 2004 e na Fundação da Frente Integralista Brasileira.
Porém ainda existem irresponsáveis que podem colocar o trabalho de muitas pessoas a perder. Um irresponsável que se diz integralista pode enganar desavisados ou ainda pior, servir de arma para nossos inimigos.
Precisamos ficar atentos e não deixar que irresponsáveis, desinformados,  se proliferem destruindo o nome que a duras penas estamos reconstruindo.
Façamos algo.
Na verdade,  o Integralismo não é de direita.  Essas denominações esquerda e direita foram criadas para designar os adeptos da economia clássica e do materialismo histórico.
Os frutos da economia clássica e do materialismo histórico são três: O comunismo e seus descendentes. O liberalismo e seus descendentes e o autoritarismo e seus descendentes.
O Integralismo, na base, já não pode ser classificado como esquerda ou direita, pois, confia toda a estrutura de sua Doutrina na Concepção Espiritualista do Mundo e não na materialista.
“A questão social deve ser resolvida pela cooperação de todos, conforme a justiça e o desejo que cada um nutre de progredir e melhorar. O direito de propriedade é fundamental para nós, considerado no seu caráter natural e pessoal.” (Manifesto de Outubro)

Publicado originalmente em 05/11/2004, quando o Autor tinha 18 anos. Hoje, Bacharel em Direito, abrilhanta a Doutrina Integralista com seus Textos admiráveis no Blog "Sigma Integralista" .

 . São Paulo (SP).
 
Você quer saber mais?
  
 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...